A trilha sonora da vida de Julia Kendall

#
#
Por Márcio Grings

Em breve resumo — Julia Kendall é uma psicóloga/criminóloga residente em Garden City que auxilia a policia de Nova York na resolução de crimes. Baseada fisicamente na atriz Audrey Hepburn, e criada pelo quadrinista italiano Giancarlo Berardi — ao lado de Ivo Milazzo, um dos pais do antiherói western Ken Parker — saiba mais AQUI, a personagem é publicada no Brasil desde novembro de 2004. J. Kendall: Aventuras de uma criminóloga (Editora Mythos) levou em setembro de 2010 o Oscar dos quadrinhos brasileiros, o Troféu HQ Mix, premiado na categoria "Publicação de Aventura/Terror/Ficção".

Ouça tambémKen Parker soundtrack

Julia e a irmã cantando Simon & Garfunkel. Reprodução
Uma das grandes sacadas da HQ (ou fumetti, como dizem os italianos) é justamente o cruzamento de informações/conteúdo com diversos gêneros literários (policial, noir, suspense), além uma completa imersão na cultura pop do nosso tempo. Entre os mash-ups proporcionados por Berardi  — há muita música em suas páginas. Seja no rádio da cozinha de Julia, onde Emily (ela é a cara de Whoopi Goldberg), espécie de mãezona ou tia superproterora da protagonista, faz seus shows matutinos ao som de Bob Marley, como também em dezenas de recortes de suas aventuras. E por aí, quando vamos 'ouvindo' muito pop, rock, folk, blues, reggae, rap/hip-hop, country, jazz, música folclórica e erudita. Fiz uma investigação nos primeiros 50 episódios de Julia Kendall + edição especial "Poeira de Estrelas", onde Kurt Cobain é lembrado, quando Julia e a irmã, ainda jovens, choram a morte do líder do Nirvana. É dessa incursão que surge o player abaixo.

Uma viagem pelo universo de uma das mais apaixonantes personagens dos quadrinhos do nosso tempo. Para quem tem Spotify, só clicar e curtir. 32 temas         
 

Comentários

Postagens mais visitadas