Em shows gratuitos, Samsung Best of Blues traz Joe Perry a Porto Alegre


Por Márcio Grings

Joe Perry, guitarrista, compositor e um dos fundadores da banda norte-americana Aerosmith, se apresenta na 9ª edição do Samsung Best of Blues & Rock com o “The Joe Perry Project”, acompanhado por Gary Cherone (Extreme, Van Halen), Buck Johnson (Aerosmith, Doobie Brothers, Hollywood Vampires), Chris Wyse (Hollywood Vampires, The Cult, Ozzy Osbourne) e Joe Pet (Aerosmith). A última passagem de Joe Perry em Porto Alegre foi em 2016, quando se apresentou com o Aerosmith no Beira-Rio. 

Confira como foi a última passagem de Joe Perry (com Aerosmith) em Porto Alegre | 2016 —  fotos de Ericson Friedrich 

Em apresentações gratuitas no dia 15 de julho (sexta-feira) no Parque Farroupilha (Redenção), em Porto Alegre, e no dia 17 de julho (domingo) na plateia externa do Auditório Ibirapuera, em São Paulo, o músico faz shows instrumentais evidenciando riffs e músicas que fizeram dele um verdadeiro guitar hero. Em Porto Alegre, o evento conta ainda com exibições de Yohan Kisser, filho do guitarrista, músico e compositor Andreas Kisser, da banda Sepultura, com releituras de Frank Zappa, Pink Floyd, Jimi Hendrix e Rush, além do músico gaúcho Ian – O Cara do Metal, conhecido por levar informações do universo do metal aos seus mais de 500 mil seguidores no TikTok. A programação de São Paulo, por sua vez, além de Yohan Kisser, recebe a percussionista baiana Lan Lanh, que lança o seu mais novo show no Samsung Best of Blues & Rock.

Confira a resenha do show de Kenny Wayne Shepherd — fotos de Pablito Diego — no Samsung Best of Blues | 2019 (Anfiteatro Por do Sol, em Porto Alegre)

“Já que minha agenda foi liberada e temos tempo para fazer alguns shows, eu vou aproveitar essa oportunidade para ir ao Brasil”, diz Joe Perry. “Senti falta de estar na estrada e estou muito animado para fazer esse show, especialmente com essa formação do The Joe Perry Project. […] O setlist terá algumas músicas novas, algumas solo, músicas do Aerosmith que a banda geralmente não toca, e um algo mais…”, complementa o artista.

Eleito um dos 100 melhores guitarristas pela revista Rolling Stone, em 2012, o músico atualmente se dedica ao The Joe Perry Project e ao Hollywood Vampires. Para sua passagem pelo Brasil, no Samsung Best of Blues & Rock, são esperadas performances de “Let The Music Do The Talking” (1980), do álbum de mesmo nome, além de “South Station Blues”, “East Coast, West Coast” e “I’ve Got The Rock ‘N’ Rolls Again”, todas presentes no álbum "I’ve Got The Rock ‘N’ Rolls Again" (1981). Além dos sucessos citados, “Toys In The Attic” (1975), do álbum homônimo, se caracteriza como um dos riffs mais conhecidos de Joe, assim como os da canção “Walk This Way” (1975).

Confira a resenha do show de Zakk Wylde — fotos de Pablito Diego — no Samsung Best of Blues em 2019 (Anfiteatro Por do Sol, em Porto Alegre)

Yohan Kisser carrega no sobrenome o legado do pai, Andreas Kisser, guitarrista da banda Sepultura, enquanto traça o próprio caminho. Compositor e multi-instrumentista, também carrega na bagagem uma graduação em violão, pelo conservatório da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, São Paulo. Além de seu projeto solo, o músico faz parte da banda Sioux 66, formada em 2011, e da Kisser Clan, em que toca clássicos do rock e metal, ao lado de seu pai. No Samsung Best of Blues & Rock, Yohan se junta a Thiago Brisolla (violino), Salomão Sidharta (clarone), William Paiva (bateria) e Guto Passos (baixo).

“Na última edição, em 2021, tive a honra de tocar ao lado do meu pai, Andreas Kisser, fazendo clássicos do Deep Purple em formato instrumental. Depois disso, a minha relação com o festival foi só aumentando e agora, com o meu novo EP, retorno ao Samsung Best of Blues & Rock para ministrar também uma masterclass”, conta Yohan Kisser.

‘O Cara Do Metal’, nome artístico de Ian Garbinato, é a aposta local do Samsung Best of Blues & Rock no Rio Grande do Sul. Unindo o tradicional à tecnologia, o artista sobe aos palcos do festival acompanhado do Diego Marinho (baixo) e Gabriel Martens (bateria). Ian acumula cerca de 7 participações em diferentes bandas, tocando guitarra, baixo e também como vocalista.

Os artistas se juntam a Joss Stone, Buddy Guy, Chris Cornell, Joe Satriani, Kenny Wayne Shepherd, Tom Morello, Zakk Wylde e muitos outros artistas internacionais que já se apresentaram gratuitamente nos palcos do Samsung Best of Blues & Rock.

Realizado pelo Instituto Dançar e apresentado pelo Ministério do Turismo por meio da Secretaria Especial da Cultura, o Samsung Best of Blues & Rock tem como missão tornar o blues e rock cada vez mais acessível às diferentes gerações e grupos sociais no Brasil.

Acompanhe o Samsung Best of Blues & Rock nas redes sociais! @bestofbluesandrock


Saiba mais sobre a atual formação do JOE PERRY PROJECT:

Joe Perry (guitarra)

Lendário guitarrista e compositor do Aerosmith, Joe Perry retorna aos palcos para os primeiros shows solo, desde 2018. Vencedor de 4 Grammys (e 17 nomeações), Perry foi considerado o 84º melhor guitarrista de todos os tempos pela revista norte-americana Rolling Stone, entrando para o Rock and Roll Hall of Fame e para o Songwriters Hall of Fame. Ainda neste ano, lança seu novo álbum solo em vinil, Sweetzerland Manifesto MKII, com duas novas faixas (“Quake” e “Fortunate One”) gravadas com seus filhos Roman e Tony. Para o Samsung Best of Blues and Rock, vem com seu grupo “The Joe Perry Project”, e após os shows, retoma seus compromissos com o Aerosmith, em comemoração ao 50º aniversário da banda.

Gary Cherone

Músico da icônica banda de rock, Extreme, indicada ao Grammy, com mais de 10 milhões de discos vendidos, um single de sucesso (“More Than Words”) número 1 da Billboard,  álbum multiplatina (Pornograffitti) e um hit Top Five com “Hole Hearted”, ambos coescritos por Gary. Se apresentou no palco com membros do Queen, no The Freddie Mercury Tribute Concert, no Wembley Stadium, além de ter substituído Sammy Hagar e David Lee Roth na banda Van Halen. A última passagem de Gary Cherone pelo Brasil foi em 2015, quando se apresentou com o Extreme.

Leia resenha do show do Extreme no Opinião em Porto Alegre (fotos de Ana Bittencourt)

Buck Johnson (teclado)

Nascido em Birmingham (Alabama), Buck Johnson atuou como cantor, compositor e atualmente é tecladista da lendária banda de rock Aerosmith, do Hollywood Vampires e do The Joe Perry Project. Cresceu cantando música gospel e blues com sua família musical e, desde então, se apresentou em bares, festivais e salas de concerto em todo o mundo. Gravou e excursionou com artistas notáveis, como Doobie Brothers, John Waite, Tal Bachman, Shawn Mullins, Timothy B. Schmit do The Eagles, entre outros. Como compositor, Buck escreveu com Steven Tyler “Just Feel Better”, single de sucesso internacional de Carlos Santana.

Chris Wyse (baixo)

Nascido no Queens (NY), o baixista irlandês-americano Chris Wyse foi inspirado pelos sons de hard rock de Led Zeppelin, Black Sabbath, Kiss, música celta, sendo destaque (ainda na adolescência) em importantes revistas do segmento, por inovação de baixo e técnicas de solo. Baixista do Hollywood Vampires, Chris tem uma longa carreira em muitas bandas como The Cult, Ace Frehley, Paul Stanley, Ozzy Osbourne, Tal Bachman, Jerry Cantrell e Metallica (em “Some Kind Of Monster”). Atualmente completa seu álbum solo, trazendo uma abordagem única do baixo em fusão com conceitos góticos.

Joe Pet (bateria)

Nascido em Boston, Massachusetts, Joe Pet tem mais de 35 anos de carreira, tendo atuado como baterista, cantor e produtor musical de sucesso, com alguns dos mais conhecidos artistas do mundo. Toca com Joe Perry (The Joe Perry Project), Brad Delp, Fred Lipsius (nove vezes vencedor do Grammy), Blood Sweat & Tears (BTS), Peter Criss (Kiss) e Steven Tyler (Aerosmith). Talentoso produtor, engenheiro e músico de sessão, Joe trabalhou com artistas como Maurice Star (New Edition, New Kids On The Block) e Chris Pitman (51º no Top 100 da Billboard).

Comentários

Postagens mais visitadas