Rock'N'Blues Food Station - 14 de Dezembro de 2019

Foto: Pablito Diego
Por Elmo Köhn Fotos/vídeos Pablito Diego (Há Cena)

Apresentado por Budweiser, o Rock and Blues Food Station novamente invade mais um final de semana senta-marinese. A quarta edição do evento que toma conta do pátio interno do Neo Autoposto (Av. Dores, 454  — próximo a rótula do Fórum), segue neste domingo (15), com atrações de peso, além de opções de alimentação e cerveja artesanal. Na sexta-feira (13) passaram pelo palco Vinicius Brum e seus Cantigas do Rock, Harvest Moon e CheZZ — e no sábado (14), foi a vez de ver Cassiano Cassanta, Mamaquilla Band e Nocet.  A entrada é franca.

Saiba como foi o primeiro dia de evento (13/12/19)

Miguel, o menino guitarrista do RBFS. Foto: Pablito Diego 
Cassiano Cassanta começa os trabalhos em mais um sábado escandante na Região Central, voz, violão e um repertório fora da curva habitual das previsibilidades de um setlist cravado no Lado A da música internacional. Pelas suas escolhas, somos levados ao epicentro do country, country rock e Lados B do rock. Gram Parsons, Willie Nelson, Eric Clapton e até mesmo links diretos com o melhor do southern rock atual, como na versão de "One Horse Town" (Blackberry Smoke) que você ouve/vê abaixo. 
   


Um reunião de amigos em comum, amantes do rock'n'roll, formou a Mamaquilla Band. Grupo residente nos bares santa-marienses no início da década passada, após um hiato de sete anos eles estão de volta. O quinteto aposta no classismo do rock dos anos 1960/70, baloiçando entre uma década e outra — clássicos dos Stones (Jumping Jack Flash e Honk Tonk Woman), The Doors (Love Me Two Times), Creedence (Born On The Bayou), entre outros, com destaque para a versão de "Wild Flower" (The Cult).



A esperada estreia da Nocet no RBFS encerrou com louvores a noite de sábado. Com 30 anos de trajetória, o grupo continua levando centenas de pessoas até suas apresentações, utilIzando a gema musical “contra toda e qualquer caretice”, como nos avisa Marcus Molina (baixo e voz). E como de costume, o trio prioriza velhos e conhecidos cavalos de batalha que movimentam seu setlist — versões para temas de Ozzy Osbourne (Mama I'm Coming Home), Twisted Sisters (We're Not Gonna Take It), Alice Chains (Man in the Box) e até mesmo Megadeth (Symphony Of Destruction). No bis, "To Be With You"(Mister Big) e "More Than Words" (Extreme) inflam o espírito noventista do público local.

Por aqui separamos um dos grandes momentos do evento: o medley "Proud Mary (Creedence Clearwater Revival)/ "I Love Rock and Roll" (Joan Jett).
   



O Rock and Blues Food Station é apresentado por Budweiser, com patrocínio de Saurin Carrocerias, Gasoline Barber e Meat Station. Comunicação, Cobertura e direção de palco Grings - Tours, Produções e Eventos e Há Cena. Realização Neo Autoposto. 

Veja mais fotos de Pablito Diego.

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Foto: Pablito Diego

Comentários

Postagens mais visitadas