Reclusa, Joni Mitchell faz rara aparição pública e visita James Taylor antes de show do cantor em Los Angeles

Foto: Marcy Gensic
Cantora sofreu aneurisma em 2015, e desde então, raramente é vista em público

No último final de semana, James Taylor fez dois shows no Hollywood Bowl, em Los Angeles. Entre os destaques, uma versão de “Mockingbird” em que Sheryl Crow interpretou a parte cantada por Carly Simon na gravação original de 1974. Claro que rolaram os clássicos como “Sweet Baby James”, “Fire and Rain”, "You Got Friend", "You Can't Close Your Eyes", e até mesmo "Something in the Way She Move", que Taylor tocou para Paul McCartney e George Harrison em 1968, antes de assinar com a Apple Records.

Relembre como foi o show de James Taylor em Porto Alegre - 4 de abril de 2017

Mas o momento mais tocante do evento ocorreu fora do palco: a cantora Joni Mitchell, que desde sua internação por um aneurisma cerebral em 2015 tornou-se reclusa, fez uma rara aparição pública para saudar o velho amigo e antigo namorado. A última vez em que a cantora canadense havia sido fotografada fora de seu casulo foi em agosto de 2016, durante um show de Chick Korea. James e Joni compartilharam um afetuoso abraço nos bastidores.

Taylor e sua All-Star Band, que inclui Steve Gadd na bateria, Jimmy Johnson no baixo e Michael Landau na guitarra, concluem a perna norte-americana de sua turnê mundial em Tanglewood em 3 e 4 de julho antes de partir para o Reino Unido, onde ele faz show no Hyde Park 15 de julho.

Em áudio, relembre aqui James Taylor e Joni Mitchell cantando juntos durante os anos 1970.

Comentários

Postagens mais visitadas