Entrevista: Jimmy Page anuncia que haverá material inédito do Led Zeppelin em 2018

Divulgação
Em 2018 o Led Zeppelin comemora seu 50º aniversário, e Jimmy Page volta a abrir os cofres do grupo para anunciar músicas/versões inéditas em sua discografia. Em um novo vídeo disponibilizado pela Academy of Achievement, o músico foi questionado sobre alguma novidade pontuando as comemorações de meio século da pedra fundamental da banda: "Haverá algum lançamento do Led Zeppelin, claro, que as pessoas não ouviram ainda, pois estou trabalhando nisto. No próximo ano serão comemorados 50 anos, então todos tipos de surpresa estão por vir". 

Vale lembrar que Page acaba de remasterizar o catálogo da banda para uma série de reedições expandidas que foram lançadas até 2015. Para alegria dos fãs, todos os nove álbuns de estúdio do Led, incluindo as sobras de “Coda” (1982), foram disponibilizadas em discos extras repletos de outtakes, além de músicas inéditas. Já em 2016, para muitos uma edição expandida de “The Complete BBC Sessions” parecia ser o capítulo final desse revival. No momento em que as reedições remasterizadas saíram, Page inclusive afirmou que praticamente todo o material de estúdio da banda fora disponibilizado nos extras. Contudo, alguns estudiosos cravam a informação que ainda há perolas inéditas a serem reveladas (como por exemplo uma épica e longa versão de "All My Love").

Sem legendas em português,  veja a entrevista completa no vídeo abaixo.



Em outubro, um site especializado em Led Zeppelin informou que John Davis, engenheiro de som que trabalhou com a Page nas remasterizações da discografia, postou em seu Facebook uma atualização em que ser referia a estar de volta aos tapes do grupo. No entanto, logo depois a publicação foi deletada. Porém, o mesmo site chama a atenção que a entrevista de Page ao Academy of Achievement foi filmada no dia 19 de outubro, pouco antes da postagem de Davis.  Concluindo: o que Jimmy Page anuncia como um 'novo produto do Led Zeppelin", possivelmente esteja ligado ao anúncio deletado por Davis.

No momento, não está claro se esse produto inédito do Led será com sobras de estúdio, ao modelo dos remasters de 2014-15, ou músicas de gravações ao vivo. No segundo caso, sabemos que o arquivo particular do Led contém muito material captado em apresentações, registros de shows que até hoje continuam  guardados a sete chaves. Quem viver verá. 

Comentários

Postagens mais visitadas