A cara do rock de Santa Maria

Pylla Kroth e Leo Mayer. Foto: Dartanham Baldez Figueiredo







#
Desafio: sintetizar o rock de Santa Maria em apenas 18 imagens. Tarefa difícil. O que podemos dizer é que a mostra traz recortes de uma cena musical, com personagens ligados ao blues, jazz e outros diálogos musicais. Essa é a tentativa do projeto Mês do Rock com a exposição "A Cara do Rock de Santa Maria", que inicia nesta quarta-feira (5) no prédio da antiga SUCV, em frente a Praça Saldanha Marinho, no coração urbano da cidade. O Mês do Rock é uma iniciativa da Grings - Tours, Produções e Eventos com captação de recursos via Lei de Incentivo à Cultura. A produção executiva da mostra é de Camila Gonçalves (foto abaixo), com curadoria de Márcio Grings. 

 
As imagens são assinadas por Gika Oliva, Graciane Martini, Rodrigo Ricordi, Yuri Weber, Dartanham Baldez Figueiredo, Fabiano Dallmeyer, Ernesto Sacchet, Atílio Alencar e Ana Bittencourt. Não aponta-se destaques, mas um dos artistas mais clicados pelos fotógrafos é Pylla Kroth, nome homenageado na edição 2017 do projeto. A imagem de Saulo Silva, líder da saudosa Band On The Run, falecido na primeira metade dessa década, um dos grandes entusiastas da cena local, também está entre os selecionados.  

"A Cara do Rock de Santa Maria" começa na quarta, às 19h, e segue até o dia 31 no Salão de Atos da SUCV, atual sede da Secretaria de Cultura de Santa Maria. O horário de visitação será de segunda a sexta-feira das 7h30 às 13h, e das 14 às 16h30.

Paulo Noronha e Luiz Henrique "Alemão" da Rinoceronte. Foto: Atílio Alencar

 
Divulgação MDR

Comentários

Postagens mais visitadas