Cantora Zanna estreia com álbum produzido por Moogie Canazio. Ouça na íntegra

Divulgação
Depois de 10 anos desenvolvendo projetos de Sound Branding para marcas, sendo premiada pela Audio Branding Academy da Alemanha com o melhor case do ano em 2011 e 2013, tendo lançado o primeiro livro sobre o tema da America Latina, “A Vida Sonora das Marcas” (saiba maios AQUI), Zanna resolveu voltar às suas origens. Decidiu gravar o que ela chama de “o álbum da sua vida”.

A artista já morou na Itália e Nova Iorque onde gravou algumas das suas canções com a banda Bossa Nostra, participou de compilações importantes, tocou no Festival de Montreux e iniciou seu percurso como produtora musical. "Eu fiquei muito impressionado com a obra. A condição primordial para que eu me envolva em um projeto é um conteúdo musical que valha a pena e quando conheci [as canções] eu fiquei fascinado", disse o engenheiro de som e produtor do álbum de estreia da cantora carioca Zanna. "Ela é uma compositora de musica popular brasileira e concordou comigo em fazer um álbum de musica popular brasileira", relata com exclusividade ao Memorabilia.

Veja vídeo sobre as gravações. 


Gravado no Rio de Janeiro e no Capitol Studios em Los Angeles, mítico estúdio onde Frank Sinatra carimbou grande parte da sua discografia e local em que Bob Dylan recentemente registrou as canções dos seus últimos três álbuns, o CD conta com participações de músicos renomados da música internacional, além de um cast de primeira linha da MPB. Entre os nomes de peso destaque para o guitarrista Tim Pierce (Michael Jackson, Bruce Springsteen, Eric Clapton); os trompetistas Dan Fornero (Mumford & Sons, Tom Jones) e Ramón Flores (Ray Charles, Brian Setzer); e o violonista Ramón Stagnaro (Vangelis, Dianna Ross). No time de profissionais daqui, destaque para Milton Guedes (gaita cromática), Cláudio Nucci (coro), Jaime Alem (violão), Bebê Kramer (acordeom), Jorjão Barreto (piano e teclados), Jorge Helder e Guto Wirtti (baixo), Marcelo Costa (percussão), entre outros músicos. 

"Esperei vintes anos pra finalmente resolver colocar o disco da minha vida no mundo. Nesse meio tempo fiquei me preparando, aprendendo outros instrumentos, me especializando como produtora musical, escrevendo e produzindo canções", disse a cantora em sua página no Facebook.

Confira a página oficial da artista.

O álbum homônimo "Zanna" foi lançado no início do mês. Além de ser um facho de luz na linhagem tradicional da MPB, penso que num primeiro momento o trabalho possa ser confundido ou rotulado como obra 'tipo exportação' da nossa música. Em suma: um CD que tenha como target principal brilhar no mercado europeu e norte-americano. Não que isso não possa acontecer, até acredito que Zanna tenha todas as credenciais para ganhar essa visibilidade mais ampla. No entanto, não espere se deparar com uma audição truncada ou reservada apenas para um público específico ou erudito no gênero. Faixa a faixa, o álbum flui mansamente e são as canções da compositora que brilham! Dá pra concluir que nesse pacote de 12 temas, "Zanna" propõe um tour repleto de referências tradicionais e legítimas da nossa música, sem perder o caráter inovativo e original de uma cantora que se apresenta e começa uma carreira não apenas como uma promessa, mas já com pinta de nova estrela da MPB.

Ouça na íntegra.

Comentários

Postagens mais visitadas