segunda-feira, 26 de setembro de 2016

SÔNICO FESTIVAL: UM SHOW DE TALENTOS LOCAIS

Nocet. Foto: Fabiano Dallmeyer
No-último sábado (24), o palco do Theatro Treze de Maio recebeu o Sônico Festival, projeto protagonizado por Gérson Werlang, músico, professor da UFSM e apresentador do programa homônimo da rádio Universidade (800 AM), que vai ao ar todos os domingos, às 11 da manhã. 

Reunir tantos talentos locais em um único evento nunca foi uma tarefa fácil. Méritos para Werlang, idealizador e responsável pela fusão de músicos de épocas distintas. 

"A cena musical da cidade nos anos oitenta, da qual fizemos parte, era uma cenário instigante e renovador, tanto que gerou várias bandas cujos trabalhos sobreviveram à prova do tempo, como Fuga e Nocet, que, não por acaso, estarão representadas no Sônico Festival. As diferenças, além da dificuldade da época em conseguir bons equipamentos, ficam por conta da menor quantidade de bandas, e da ênfase que havia em compor material próprio. Depois daquele período as bandas quase abandonaram a composição de temas próprios, para se dedicar aos covers. De alguma forma, sinto que aquele espírito está de volta, já que a cena atual está bastante interessante", disse Gérson Werlang ao blog, em entrevista publicada AQUI 

VEJA o álbum de fotos do evento. Cliques por Fabiano Dallmeyer

Assim, tivemos no mesmo cenário nomes lendários do rock santa-mariense como Pylla Carbono 14 e Nocet, além de Guantánamo Groove, um dos trios mais ativos da cena atual, mais uma banda novata (e surpreendente), a BlastOff! Também sentaram no sofá de Werlang a jornalista e cantora Rejane Miranda, e o violonista Marcos Kroning Corrêa. 

Confira o setlist completo do Sônico Festival:

Gérson Werlang “Anéis de Saturno”.
Gérson Werlang “Colheita de Inverno” (com Rejane Miranda)
BlastOff!  “A Devil Like Me”
BlastOff!  “Ourselves”.
Marcos Kroning  "Ei Mi, é Longa" (violão 7 cordas)
Guantánamo Groove “O Dono”
Guantánamo Groove “A do Leonel”.
Nocet: “Unlock”
Nocet  “It Will Pass By Me”
Nocet “Even While Dreaming”.
Gérson Werlang “O Último Tango em Plutão”
Gérson Werlang “Passeio na Serra”
Pylla C14 “Sentimento Perdido”
Pylla C14 “Saudade”.

Pylla C14. Foto: Fabiano Dallmeyer
Essa mistura de gêneros musicais, artistas, entrevistas, conteúdo informativo e entrevistas – como se fosse um programa de rádio ao vivo num palco aberto frente a uma audiência, reaquece a lembrança de que Santa Maria faz rock autoral com carimbo de qualidade. Somos o Centro de um universo musical muito peculiar e valioso. E o Sônico Festival não apenas promove esse resgate aos sobreviventes da saudosa geração dos anos 1980/90, que ainda continua ativa, como também joga luz sobre bandas e artistas emergentes do som autoral daqui. 

O Sônico Festival foi um oferecimento da Central Sul Inox, Brassagem Coletivo Cervejeiro, e 1824 Imigração. Apoio de Leal Marcenaria, Clássicos Bellé, Idez, Diego de Grandi e Progressive Dreamland. A produção foi da Grings - Tours, Eventos e Produções. 

Adicionar legenda

BlastOff! Foto: Fabiano Dallmeyer
Gérson Werlang. Foto: Fabiano Dallmeyer
Werlang entrevista Rejane Miranda. Foto: Fabiano Dallmeyer
Marcos Kroning. Foto: Fabiano Dallmeyer
O idealizador do Sônico com Marcos Molina (Nocet). Foto: Fabiano Dallmeyer 
Nocet. Foto: Fabiano Dallmeyer
Gérson Werlang com uma segunda formação de sua banda. Foto: Fabiano Dallmeyer
Inversão. Gérson sendo entrevista. Foto: Fabiano Dallmeyer
Pylla Kroth, um homem do rock cheio de histórias. Foto: Fabiano Dallmeyer



Fim de festa. Foto: Fabiano Dallmeyer
Até o Sônico 2017. Foto: Fabiano Dallmeyer

Nenhum comentário:

Postar um comentário