SÁBADO: A COR DO SOM NO ATC


Mu, Ary, Armandinho, Gustavo e Dadi, a formação original do grupo baiano. 
Um dos grupos mais respeitados do país na virada das décadas de 1970/80 virá a Santa Maria neste sábado.  É a Cor do Som, quinteto que já tocou em Santa Maria, ainda na década de 80, em show no Clube Comercial. O grupo foi formado por parte do espólio d’Os Novos Baianos, A Bolha, entre outros importantes nomes daquele período da música brasileira. Em cerca de uma década, gravaram 10 LPs, tocaram no prestigiado Festival de Montreux (Suiça) e ganharam as paradas de sucesso do país com músicas como “Abri a Porta”, “Zanzibar”, “Beleza Pura” e “Semente do Amor”. 

Após esse período de atividade mais intensa, houve algumas mudanças na formação e a Cor do Som continuou atuando de forma bissexta, gravando apenas mais dois álbuns. Porém, o grande barato é que neste sábado, às 22h30, no Avenida Tênis Clube (Avenida Dois de Novembro, 1.290), o grupo sobe ao palco com sua formação clássica: os irmãos Mu (teclados e voz) e Dadi Carvalho (baixo e voz), Armandinho Macedo (guitarras), Gustavo Schroeter (bateria) e Ary Dias (percussão). Os ingressos estão à venda no Beltrame Supermercados. 


E essa volta à ativa da Cor do Som antecipa as comemorações previstas para 2017, quando eles completam 40 anos de lançamento do primeiro disco. Entre os projetos futuros, estão um álbum com músicas inéditas e a gravação de um DVD ao vivo. No ATC, a abertura fica a cargo do grupo local Rotações. A realização é da Druziam Sonorizações e HV Eventos. Ao final do show, o som continua com a festa "Os embalos de sábado à noite". 

Comentários

Postagens mais visitadas