QUEM LEVOU OS PARES DE INGRESSOS PARA VER (OUVIR) 'A VOZ HUMANA' DE CLÁUDIA OHANA

Foto: Pino Gomes
Na minha coluna do Jornal A Razão eu perguntei aos leitores: ‘com quem você falaria por horas ao telefone e por quê?’ Esse foi o mote para concorrer a dois pares de ingressos para assistir “A Voz Humana”, espetáculo com Cláudia Ohana no Theatro Treze de Maio, nesta quarta-feira (29). 

Os ganhadores foram Fernando Rodrigues e Lúcio Pozzobon. Para retirar os tíquetes basta passar na Eny Infanto (Rua Doutor Bozano, 1129).

Confira as frases ganhadoras:

Lucas Pozzobon: "Seria com meu 'eu' do passado, e falaria sobre alguns erros que cometi e soluções para melhorar no presente e futuro".

Fernando Rodrigues: "Eu falaria por horas com minha operadora de cartão de crédito dizendo a eles que eu não queria todos aqueles limites que me ofereciam, que eu não precisava, mas que de tanta insistência deles eu tive que aceitar. E agora explicaria por horas e horas que não tenho como pagar". 

Num oferecimento da Fundação Eny, o Projeto ‘Palco Treze’ do Theatro Treze de Maio promove a vinda da atriz Cláudia Ohana, montagem que revela a atriz em um dos melhores momentos de sua carreira.

“A Voz Humana” ganha apresentação no próximo dia 29, em duas sessões – às 19h e 21h. Na peça, a personagem fala ao telefone com o seu amante perdido. O monólogo original estreou em 1940 e tem texto de Jean Cocteau. Na obra, Cocteau revela caminhos e descaminhos da “álgebra” da comunicação humana de realidades e sentimentos. 

Em cenografia que explora luz e sombra, a personagem manobra mentiras, chantagens e se vê manipulada pelo homem que se mantém distante dela. Em oposição ao silêncio e o vácuo entre o casal, surge uma terceira voz que é o público. A peça tem direção de José Lavigne. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do teatro, R$ 40 a R$ 80 (desconto para sócios do Theatro). Mais informações (55) 3028-0909.

Comentários

Postagens mais visitadas