OLY JR E SUA VIOLA DE REVESGUEIO

Foto:José Carlos de Andrade
No vernáculo popular, “revesgueio" vem de algo enviesado, atravessado, de relance.  E esse é justamente o mote de “Viola de Revesgeio”, 12° trabalho do músico porto-alegrense Oly Jr, um CD orientado pela uso da viola. O novo álbum será lançado nas próximas semanas, com data ainda a ser agendada. 
Foto: José Carlos de Andrade

Porém, engana-se quem acredita numa interpretação atrelada ao viés tradicional do instrumento, ligado basicamente a música folclórica ou regionalista. “A minha escola vem muito do blues. Assim como minhas heranças culturais, regionais, todas as informações artísticas contemporâneas ouvidas, vividas e lidas, fazem com que eu pegue um instrumento tradicional como a viola, e toque de uma maneira peculiar e não convencional”, nos diz o artista. Serão 10 faixas, nove revisitadas de seu próprio repertório, e uma canção inédita. 

E Oly ainda nos dá mais pistas sobre seu modus operandi: “Por mais que eu misture folk daqui, com o folk de qualquer lugar, estéticas ao estilo de Bob Dylan, milongas, códigos blueseiros e roqueiros, minha marca pessoal leva também carimbo de limitações espirituais e intelectuais”, filosofa. Todas as canções foram gravadas em Porto Alegre no estúdio caseiro de Paulo Inchauspe (Fossa Nova, Mani Mani), que também coproduz e participa do álbum.

O resultado desse mix de influências pode ser ouvido nos player abaixo. O blog recomenda. Além da faixa título, confira a inédita “O Dia Clareou” e “Onde Estão Seus Amigos”. Aguardem cenas do próximos capítulos  aqui no Memorabilia. 

Comentários

Postagens mais visitadas