WILD HORSES: FALTAM 17 DIAS PARA VER OS ROLLING STONES EM PORTO ALEGRE

Divulgação
Ela é uma das grandes baladas dos Rolling Stones. "Wild Horses" foi lançada oficialmente no álbum "Sticky Fingers" (1971). Antes disso, um ano antes, o The Flying Burrito Brothers, gravou a canção no disco "Burrito DeLuxe". E foi um registro legítimo, já que um dos coautores do tema [apesar de não creditado] teve as honras de apresentá-la oficialmente em um álbum. 

Keith e Gram. Foto: reprodução
Trata-se do ex-The International Submarine Band e ex-The Byrds Gram Parsons, músico norte americano que na época estreitou suas relações com Keith Richards, e consequentemente apresentou aos Stones alguns artistas do cenário da country music. Essa aproximação acabou rendendo um trânsito mais frequente da dupla Jagger/Richards com o universo da música country. 

Induzidos por alucinógenos, Keith e Gram passaram algumas noites juntos no deserto High, no sul da Califórnia, imersos num ambiente desértico com paisagens surreais e bucólicas que logo começariam a ser alcançadas pelos grandes espaços urbanos de Los Angeles.

Mick, Keith e Gram Parsons, trio criador de "Wild Horses". Foto: reprodução
Nessa localidade erma a dupla evocou as origens de "Wild Horses", que depois ganhou adições melancólicas na letra de Mick, versando sobre a relutância de Keith em abandonar a vida doméstica, prestes a colocar o pé na estrada. A essência dos Stones em clima deprê/acústico em que os 'cavalos selvagens' também são uma excelente metáfora para falar de uma relação amorosa. 

Banda em formação completa com participação de Jim Dickinson, pianista do Tennessee capaz de improvisar com o ortodoxo som de Nashville na notação característica dos estúdios da Capital da música country. 

Comentários

Postagens mais visitadas