SETLIST DA OLÉ TOUR: DIFERENÇAS ENTRE SANTIAGO E A PRIMEIRA NOITE EM BUENOS AIRES

Reprodução


Até agora, 16 músicas parecem manter a espinha dorsal da Olé Tour:

START ME UP
IT’S ONLY ROCK’N’ROLL (BUT I LIKE IT)
TUMBLING DICE
OUT A CONTROL
WILD HORSES
PAINT IT, BLACK
HONKY TONK WOMEN
HAPPY
MIDNIGHT RAMBLER
MISS YOU
GIMME SHELTER
BROWN SUGAR
SYMPATHY FOR THE DEVIL
JUMPING JACK FLASH 
YOU CAN’T ALWAYS GET YOU WANT
SATISFACTION

Em Santiago foram tocadas ainda:

LET’S SPEND THE NIGHT TOGETHER
SHE’S A RAINBOW
YOU GOT THE SILVER 

Na primeira noite em Buenos Aires, pintaram outras três canções diferentes das mencionadas acima:

STREET FIGHTING MAN
ANYBODY SEEN MY BABY
CAN’T BE SEEN WITH YOU

Se a lógica for mantida, essa deve ser a prática a ser utilizada nas próximas apresentações. Em média, três músicas diferentes entre uma apresentação e outra. Nessa arrancada da Olé Tour eu fico com Santiago. "Street Fighting Man" é uma canção que vira e mexe está no setlist da banda. "She's a Rainbow" não era tocada há 18 anos! "You Got The Silver", apesar de ser um número habitual de Keith Richards, é muito mais canção do que "Can't Be Seen With You", uma das suas escolhidas para assumir o vocal principal em Buenos Aires. E por último, entre "Anybody Seen My Baby" e "Let's Spend the Night Together", fico disparado com a segunda. 

O show em Buenos Aires foi precedido por uma tempestade que alagou o entorno do estádio. Quando a chuva passou, houve confronto entre policiais e fãs que tentavam passar barreiras sem ingressos. Na área vip, uma entrada chegou a custar 55 mil pesos (R$ 14,9 mil) no mercado negro. Em meio à confusão, um grupo de cadeirantes bloqueou uma bilheteria em protesto por ingressos.

Quanto ao quesito empolgação do público, a estreia em Buenos Aires ganhou disparado de Santiago. Quando, frente ao público argentino, os Stones tocam canções como "Paint It Black", temos a real noção do quanto nossos hermanos sabem se transformar em um dos mais empolgantes públicos de rock do mundo. Não é a toa que serão três data na Capital portenha. 

Reprodução
Diferentemente da primeira parada da turnê "Olé", em Santiago, na última quarta-feira (3), a pista em La Plata não estava dividida em setores, tendo os mais VIPs e endinheirados à frente do palco. Era um mar totalmente democrático - apesar de anárquico - de argentinos agitados se movendo para frente e para trás, com uma intensidade assustadora. Você não sabe se acabará com uma perna quebrada ou tornozelo torcido.

O segundo show é na próxima quarta-feira (10), às 22h (horário de Brasília). 

No Brasil, a primeira apresentação será no Maracanã, dia 20. Depois o grupo se apresenta em São Paulo, nos dias 24 e 27, e fecha o tour brasileiro em Porto Alegre, em 2 de março

Comentários

Postagens mais visitadas