quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

RESENHA: ROLLING STONES, 3 DE MARÇO DE 2016, ESTÁDIO NACIONAL, SANTIAGO - CHILE

Fotos: Daniel Saurin
Bem, nesta última quarta-feira (3), eu não estive no Estádio Nacional, em Santiago, capital do Chile. Lá os Rolling Stones deram o pontapé inicial na Olé Tour, turnê sul-americana que também passará pelo Brasil, incluindo a Capital gaúcha, no próximo dia 2 de março. Se existe um alento dessa impossibilidade de estar lá, presencialmente em corpo físico, algumas possibilidades da vida moderna encurtaram essa distância.

Foto: Daniel Saurin
Periscope é um aplicativo de streaming de vídeo ao vivo que permite que usuários do Twitter visualizem através de um link transmissões ao vivo. Assim, dessa forma, através da ajuda de alguns amigos, pude caçar usuários do Twitter que transmitiram via seus smartphones a apresentação dos Stones no Chile.  Já havia experimentado essa incursão nos shows do ano passado do Grateful  Dead, que aconteceram entre julho e agosto, em comemoração aos 50 anos do grupo norte-americano.

CONFIRA a contagem regressiva para o show dos STONES em Porto Alegre

E assim, com certa propriedade de 'ter visto' essa estreia, posso dizer que a Olé Tour começa com diversos gols de placa. Telões gigantescos de alta definição, a velha energia que nunca se esgota, um repertório longe de ser ousado ou surpreendente, porém contemplando canções inegavelmente importantes na trajetória dos Stones. 

Bola fora foi ouvir a inexpressiva “Out of Control” , de “Bridges to Babylon” (1998). E só. Mas como reclamar de temas como “Midnight Rambler” (sempre aberta a improvisos e surpresas);  “Let’s Spend the Night Together” (música que sempre remonta minhas lembranças de Mick e Keith); “Tumbling Dice” (sucesso absoluto na minha primeira fita virgem Scotch maculada exatamente por essa canção); “Wild Horses” (a balada stoneana em essência);  “You Got Silver” (com Keith apresentando armas no seu repertório de tiques, chutes no ar e manhas corporais que redesenharam a performance de rock); só pra citar algumas.

Foto: Daniel Saurin
E foi bacana ver/ouvir o surpreendente ressurgimento de “She’s a Rainbow”, uma daquelas músicas que soam cada vez mais agradáveis com o passar do tempo. O tema foi escolhido pelo público chileno em votação pela internet.

OUÇA "She's a Rainbow"

Tá bom, e dá-lhe clichês, isso é necessário ser dito. Porém, como ir a um show dos Stones e não ouvir “Brown Sugar”, “Gimme Shleter”, “Miss You”, “Sympathy For the Devil”, “Start Me Up”, “It’s Only Rock’N’Roll” e outras tantas. “Não quero chegar aos 40 cantando ‘Satisfaction’”, sempre me lembro dessa declaração de Mick dada em uma entrevista no final dos anos 1970. E ela nunca sai do set, com Mick já rumando para os 73 anos.

E para quem estava curioso para conhecer a nova atração na banda de apoio, a cantora Sasha Allen, dá pra afirmar sem medo que ela está aprovadíssima na suplência de Lisa Fisher.  Assistir aos Rolling Stones ao vivo, de verdade (esqueça o Periscope), é sem dúvida uma obrigação a ser cumprida ainda nessa vida. De todo modo, agradeço aos fãs que estavam lá no Chile e disponibilizaram essa possibilidade para nós, pobres mortais buscando conforto nas ferramentas tecnológicas e seus encantos paliativos.
Sasha Allen. Foto: Daniel Saurin

Próxima parada, domingo 7, em Buenos Aires. Estarei lá, ainda que seja pelo Periscope. Que 2 de março chegue rápido.  Nesse dia será feriado na minha vida. O dia em que estarei frente a Mick, Keith, Charlie e Ronnie.

Agradecimentos: pela transmissão no Periscope (Don Porotors, Pancho Sasso, Simón Durán, Juan Pablo Fernandes e Javier Vega). Pela caça aos links (Cristiano Radtke e Ana Bittencourt) e Daniel Saurin (pelas imagens capturadas via smartphone). 




Setlist:

01 START ME UP
02 IT’S ONLY ROCK’N’ROLL (BUT I LIKE IT)
03 LET’S SPEND THE NIGHT TOGETHER
04 TUMBLING DICE
05 OUT A CONTROL
06 SHE’S A RAINBOW
07 WILD HORSES
08 PAINT IT, BLACK
09 HONKY TONK WOMEN
10 YOU GOT THE SILVER
11 HAPPY
12 MIDNIGHT RAMBLER
13 MISS YOU
14 GIMME SHELTER
15 JUMPING JACK FLASH
16 SYMPATHY FOR THE DEVIL
17 BROWN SUGAR


18 YOU CAN’T ALWAYS GET YOU WANT
19 SATISFACTION
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário