quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

MOTHER'S LITTLE HELPER: FALTAM 21 DIAS PARA VER OS ROLLING STONES EM PORTO ALEGRE

Reprodução
Bandolim, slide e violão de 12 cordas afinado uma oitava acima mais grave são tocados em uníssono para criar o som metálico semelhante a cítara. A letra é um escrutínio persistente das pílulas viciantes que aceleram o frenético "busy dying day" [dia puxado de morrer] de uma dona de casa.

A faixa abre o álbum "Aftermarth", lançado em abril de 1966.


Nenhum comentário:

Postar um comentário