terça-feira, 26 de janeiro de 2016

DEAR DOCTOR : FALTAM 36 DIAS PARA VER OS ROLLING STONES EM PORTO ALEGRE

Fonte: Morrison Hotel Gallery (Michael Joseph)
Não podemos esquecer que Mick Jagger sempre foi um amante de blues, country e folk norte-americano. Quando o vocalista dos Stones canta esses estilos, muitas vezes evoca seus heróis. No entanto, ao mesmo tempo, ainda nos primeiros anos da banda, parecia rir de si mesmo por ser um inglês da classe média imitando camponeses, artistas negros ou caipiras brancos. 

É o caso de uma canção country/blues do álbum “Beggar’s Banquet” (1968). Em “Dear Doctor”, a primeira impressão pode nos aludir a uma interpretação que beira a zombaria. Porém, na verdade o vocalista mostra conhecimento de território e se revela um intérprete imerso no universo country, passando longe de um simples arremedo.

A letra gravita entre puro desespero e alívio - um noivo relutante acaba abandonado pela noiva. O resultado disso é uma divertida valsa caipira embebida no blues. Nos violões, além de Keith, Dave Mason (Traffic) também dá uma forcinha, já que Brian Jones sopra a harmônica. O sideman Nick Hopkins toca piano, Bill está no baixo e Charlie dita o ritmo buscando acento nos pratos e cimbal . 

Também gosto de ouvir os vocais de apoio de Keith, indo de encontro a fanfarrice de Mick. 

#

Nenhum comentário:

Postar um comentário