Por favor, assistam "What Happened, Miss Simone?"

 Documentário é dirigido por Liz Garbus.
Vou reforçar o que já disse no título:

Por favor, assistam "What Happened, Miss Simone?", documentário da Netflix sobre a cantora norte-americana Nina Simone. A vida genial e trágica da cantora passa por um momento de reapreciação popular, com esse filme biográfico controverso, e um disco-tributo com nomes como Ms. Lauryn Hill e Usher. Mas ela está exibida quase por completo no documentário da rede de streaming. Dirigido pela diretora indicada ao Oscar Liz Garbus, o filme é repleto de entrevistas com amigos, familiares e a própria Nina em gravações inéditas.

Um dos momentos mais marcantes, é quando depois de vários anos de ausência dos palcos, falida, Nina retorna no Festival de Montreaux, em 1976, e canta uma música da cantora Janis Ian (que poderia ter sido escrito por ela).  

Trata-se de uma reflexão sobre a decesso de um artista. Abaixo do player, confira trechos da letra. Veja só o que acontece bem no início da apresentação.



"Estrelas, elas vêm e vão / Elas vêm rápido ou devagar / E se vão como a última luz do sol, em um clarão / E tudo que você vê é a glória / Mas lá fica solitário / Quando não há ninguém aqui para compartilhar / Podemos deixar pra lá / Se você ouvir uma história.

Pessoas desejam fama / Como atletas em um jogo / Nós quebramos nossas clavículas / E aparecemos dançando / Alguns de nós são derrubados / Alguns de nós são coroados / Alguns se perdem / E nunca são encontrados / Mas a maioria já viu de tudo / Eles vivem suas vidas em tristes cafés e salas de concerto / Eles sempre têm uma história".

Alguns chegam lá quando são jovens / Antes que o mundo faça o seu trabalho sujo / E mais tarde, alguém vai dizer: >>> Você teve o seu momento / E precisa ir embora>>> / Mas eles nunca saberão a dor / De viver com um nome que nunca foi seu / Ou o esquecimento de muitos anos / Que você conhece muito bem.

(...) Então se você não perder a paciência / Com esses meus resmungos / Eu vou aparecer cantando pra você / Mesmo quando estiver triste.

Comentários

Postagens mais visitadas