terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Hinagata


Vida
Simples sonho
Reflexo de outras existências
Humanidade & seus livros de história
Grande mentira
Engodo
*

Noite passada
'Essa' verdade absoluta
Esfarelou
Caiu por terra
Apodreceu...
*
Fragmentos de outros
permanecem em mim
Mas esse ainda sou Eu
Único & indivisível
*
*
Somatórios
Abduções
Subtrações
*
Quem pode dizer quando?
Ninguém deve apontar o dedo!
*
São apenas folhas caindo das árvores
A A *
Não acredito em matemática
ilógica no raciocínio humano*
E a voz do povo nunca foi a voz de Deus*
O caminho estreito leva a algum lugar
Que nos empurra pra bem longe daqui
E lá a luz brilhará mais forte...

Assim Espero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário