Blues da garrafa de cerveja

Um gole de cerveja preta direto da mão para a boca. O ventilador de teto rodopia sua hélice como um helicóptero pronto a desabar sobre eles. Alguém lembra dos vietcongs & dos yankees espetando baionetas uns nos outros? As bombas, o napalm & a falta de juízo acabaram com as plantações de arroz. A auto-estima foi pra saco. Apocalipse Now dentro da cabeça daquele homem com espírito de guri. Esse era o tema. Love Sick toca no Winamp & espatifa o alto-falante com a falta de qualidade do MP3. Ele beija a boca dela como se o prazo de validade estivesse zerado. Outra vez ela fala da reforma da casa, das sombras sobre os corpos & da árvore de natal que ficou dois meses na sala. Diz que a música finalmente partiu seu coração em mil pedaços & que está preparada para assistir O Último Concerto de Rock no volume máximo. O sofá da sala dobra de tamanho em cinco segundos. Ele olha pros nomes no dorso dos livros da estante. Seus heróis observam tudo. Chemako lembra da noite em que levou uma bordoada nos cornos. Rifle Comprido encontra as pistas no imaculado atalho pardo. Arturo espera Camila Sentado no Jipe. Cavalo Louco está prestes a ser assassinado por um dos seus. Paradise dorme no celeiro com a jovem mexicana. Hank vai comprar cigarros com seu fusquinha detonado. Um show de slides & insights. Ela não tira os olhos da órbita dele enquanto lá de cima observa as coisas como elas são. Mais um golpe de cerveja preta direto da mão pra'boca dos dois. Os dedos & o gargalo fazem um desenho bonito pelo ar. A luz da tela do PC parece um abajur ou uma lua cheia rindo daquilo que vê de camarote. Ela o engole como se ele fosse muito pequeno. Dá pra ouvir o estalo da espinha do cara partindo em duas. Logo depois o cospe de volta & diz que sabe de tudo. Dá pra ver as lágrimas dela desabando pelo peito do homem & escoando uma a uma pelo umbigo dele. Um estrondo ecoa quando cada lágrima cai. A estrela pornô com espírito imaculado prepara a melhor cena pro último take. Movimentos rápidos & certeiros. A garrafa de ceva leva um golpe da perna de algum deles & cai vazando ouro negro pelo tapete. Um choque elétrico ilumina a casa toda. Dá pra ver os cacos de vidro emoldurando braços, pernas & narizes que precisam de bocas para buscar o ar dentro de algum lugar. O silêncio acontece por poucos instantes. As mãos se procuram. Tryin’ To Get To Heaven dá o seu recado. Ele levanta, caminha até a cozinha & pega a última garrafa de cerveja no fundo do congelador. Logo depois, ainda trêmulo, ele esbarra no gato & no pote de ração. Ela ouve o barulho & grita dizendo que não se importa. Limpará a bagunça toda de manhã cedo. Sorrindo ela pede pro seu homem mais um gole da pretinha.

Comentários

  1. Adoro fazer parte de tudo isso!!! Amei de verdade!! Obrigado, meu amor... Bjos da tua mulher e fã número um. Te amo, sempre...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas