O tocador de Gaita II


harmônica, ah como te quero!!! / pequena, cheirosa... única / afinada em tom maior / metade madeira / outra parte metal / sou ciumento / gosto de apanhá-la por inteira em minhas mãos, escondida, nunca velada - como um pequeno pássaro (que as vezes foje de minhas garras!) / & juntos rascunhamos a música dos meus discos / em outros lábios vejo minha atriz protagonizar um filme ao lado de henry fonda / é foda!!!!! / e aeh vai ... (seu espírito aventureiro a leva pra muitos lugares) / ouço-a caçar a raposa ao lado de sonny terry / pegar o trem com james cotton / estancar o sangue de sonny boy / desafinar graciosamente em bob dylan / levar uma surra de mick jagger / se reabilitar em nome da alma de big walter horton / bater uma espanhola pra flávio guimarães / uivar tristemente na companhia de howlin´wolf / chorar por billy branch / branquela, sei que ela gosta de passear pelas terras do leite & do mel sob a tutela de charlie mccoy / little walter faz ela brandir como uma guitarra / negra, ela também pode lascivamente balançar as cadeiras no palco com junior wells / harmônica & suas asas a voar alto igual a luli / ela é muito bem tratada por leonardo / mas algumas vezes é extremamente mal cuidada pelo velho grings / uia!!!! / ela, a gaita, também pode virar bicho com john mayall / ou definitivamente perder o cabaço com os rapazes da hasmat modine / para depois, ingenuamente descobrir a cidade grande na mochila de um vagabundo / ou subir a montanha com a adolescente idealista / sonhar na mão de um menino / entrar em colapso na boca grudenta do falso country boy & finalmente ser atropelada pela geração hi-tech.... mas ela ainda sobrevive!!!

harmônica / é desse jeito que te quero, sempre por perto / nas minhas mãos cheirando ao cigarro que não fumei / dividindo bourbon no mesmo copo / (...) na gaveta das calcinhas delas ... essa parte eu adoro: afinal, é muito bom roçar os meus dentes nessas deliciosas gaitas de boca / vários tons, formas e cores - vou me aquecer noite adentro com todas elas? / bem, uma de cada vez - quero continuar tocando, soprando, aspirando, virando-as do avesso / Minhas princesas gostam de soar baixinho comigo, quase felinas, ronronando / & elas instantâneamente se abrem em sons quando eu repouso a boca nos seus pequenos orifícios / plugando-as na eletricidade ... cada bend um gemido novo... minha língua trabalhando no ponto 'g' - ou dó, ré, mi, fá, sol - sei lá em que escala, prossigo em busca da nota certa / o melhor take (...) geralmente acontece quando não há a mínima pressa & quando varamos as madrugadas / vocês não sabem o que estão perdendo: esqueçam as teclas, peles & cordas - a noite é amiga dos gaitistas e suas ga(i)tas / ...ahh... piça pro gaiteiro!!!!

vou subir na sacada e tocar o meu som: um bom cafajeste, deve sussurrar bem baixinho, pra cada uma delas (como se cada uma delas) fosse a única: - "harmônica / minha pequena e cheirosa gaitinha, as vezes afinada em tom menor / metade lata / metade pau / palheta, coração & desejo / o teu som: é meu blues, um mardi gras, o meu carnaval".

Comentários

  1. UHUUUUUUU! Adorei! Tu nunca via parar de escrever bem, é? heheeheh
    Bjus da Bia, tua leitora do lado de cá da tela

    ResponderExcluir
  2. belíssimo texto, gostei muito. melhor que ler, só ouvir!

    esses encontros de garotos e suas ga(i)tas sempre rendem bons momentos. o esqueleto do Nei Van Soria me fez voltar no tempo ontem, quando resurgiu com viola e gaita dizendo que "era um cara que fazia tudo aquilo que a garota queria" ..

    parabéns Marcio.
    to gostando de ver, sempre que passo por aqui tem algo novo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. ah... as harmônicas... certa vez me apaixonei por uma delas... e durante quatro bons anos ela era meu som para acordar... depois passou a ser um clarinete... mas sempre música.
    uma delícia esse texto.
    (mto bom te ver por lá tbm táta! amo vc.\o/\o/)

    ResponderExcluir
  4. Ficou melhor ainda!!!!!!!!!!!!!! Bjus da Bia

    ResponderExcluir
  5. Só uma gaita, mas quantas coisas mais...Dedilhas...e a me dedilhar??

    ResponderExcluir
  6. grande márcio, como vais?
    belo texto como sempre o teu. parabéns.
    e obrigado pelas palavras gentis.
    a gente se fala
    velho e cansado guina

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas