Tom, o Fogerty esquecido

Divulgação TF 

Por Márcio Grings

O guitarrista Tom Fogerty (1941-1990) é uma figura esquecida por muitos. O irmão mais velho de John Fogerty (1945), vocalista, guitarrista e compositor majoritário do Creedence Clearwater Revival, lançou bons discos solo quando deixou o grupo em 1971. Nos anos seguintes, quatro LPs revelaram que a tirania de John privou o Creedence de ótimas canções. Ouça "Tom Fogerty" (1972), "Excalibur" (1972), "Zephyr National" (1974), "Myopia" (1974) e comprove.   

Doug, Tom, John e Stu, o Creedence C. Revical
"Excalibur" tinha Jerry Garcia (Grateful Dead) no time, e "Zephyr National", traz o último registro dos irmãos dividindo as guitarras, além da participação de Stu Cook (baixo) e Doug Clifford (bateria), ou seja — o Creedence Clearwater Revival completo.  A saída de Tom deixou um enorme buraco na banda, tanto que após "Mardi Grass" (1971),  o trio remanescente resolveu encerrar às atividades. Além disso, por questões contratuais, John não concordava com a divisão dos lucros da banda. Brigou com Doug, Tom e Stu, e ainda bateu de frente com Saul Zantz, dono da Fantasy, uma coisa puxou a outra e o fim estava decretado sem chances de uma nova reunião (algo que quase aconteceu em 1975). 

O timbre vocal dos irmãos é muito parecido, assim como as canções de Tom não perdem em qualidade para muitos temas do Creedence. Como guitarrista, John era mais talentoso do que o irmão mais velho, contudo, Tom fornecia a sólida base para o que ouvimos nos seis álbuns que eles gravaram. A guitarra rítimica de Tom Fogerty era um dos selos de qualidade do Credence. 

Ao longo dos anos, as diferenças entre eles se tornaram irreconciliáveis, e depois da gravação da música "Mystic Isle Avalon" (1974), Tom e John nunca mais se falaram. Tom Fogerty morreu em 6 de setembro de 1990, ele tinha apenas 48 anos. Montei um player com 43 minutos e 12 músicas, minhas preferidas dos quatro primeiros álbuns solo de Tom, uma amostra de seu talento como compositor.



Comentários

Postagens mais visitadas