Charlie Watts lança álbum de jazz gravado ao vivo na Dinamarca

Divulgação
A relação de Charlie Watts com o jazz é antiga. E renovando os votos com o gênero o baterista dos Rolling Stones acaba de lançar um disco com a Danish Radio Big Band. "Charlie Watts Meets The Danish Radio Big Band" (Impulse/Verve Records) é um registro de um show na Dinamarca em 2010.

E acredite: o show foi montado em apenas quatro dias (isso mesmo, apenas algumas horas de ensaio) e já no dia seguinte ganhou apresentação no recém-inaugurado Danish Radio Concert Hall em Copenhague. Acompanhado do velho amigo Dave Green, baixista que tocou com Watts antes dele ingressar nos Stones (e músico convidado no evento), a dupla ainda teve tempo de visitar as lojas de discos da capital dinamarquesa e passear incógnita pela cidade. Bem do jeito que o reservado Charlie gosta. E mais, o Stone também deixou claro que não gostaria de ser colocado em posição de destaque no espetáculo. E isso está muito claro na audição do álbum, quem brilha é a banda na sua íntegra.

Divulgação
Tem um relato do escritor britânico Richard Havers que é um bom exemplo do amor que o baterista reserva polo jazz: “Quem conhece Charlie, sabe o quanto gosta de jazz. Há alguns anos, quando nós estávamos olhando uma foto dos Stones tocando na década de 1960, ele apontou para um prato particular e disse: ‘Eu ainda tenho esse prato, mas eu não o uso mais em shows dos Stones. É bom demais pra eles! Agora eu só uso ele em meus shows de jazz'". Não há dúvida, esse é o prato que você ouve na primeira parte da 'Elvin Suite', música que abre o álbum.

No repertório, além de outros standards do gênero, versões de "Satisfaction" (que ficou okay), "You Can't Always Get What You Want" (que ficou incrível) e "Paint It Black" (que ficou magnífica). Mas o destaque mesmo fica por conta da abertura, duas peças autorais do baterista compostas em parceria com Jim Keltner, outra lenda das baquetas e grande amigo de Charlie.

Ouça a segunda parte de "Elvin Suite" e "Satisfaction". 

#

Comentários