Há 50 anos o Pink Floyd gravava "Arnold Layne", seu primeiro single

O Pink Floyd com Syd Barrett (esquerda na foto). Reprodução. 
Hoje é um dia histórico na música mundial. Há 50 anos, alguém teve coragem de falar de um antigo costume dos  homens de se vestirem de mulher. No dia 27 de fevereiro de 1967, o Pink Floyd entrava no Sound Techniques Studios, em Londres, e gravava “Arnold Layne”, seu primeiro single e música revolucionária pela sua temática fora dos padrões do rock britânico. A música era inspirada numa história verídica do grupo nos tempos de Cambridge, cidade localiza a pouco menos de 80 quilômetros de Londres, e berço de três membros do Pink Floyd: Syd Barrett, Roger Waters e David Gimour. “Tanto a minha mãe com a mãe de Syd tinham estudantes como hóspedes porque existia uma faculdade de meninas lá perto”, disse Waters. “Por causa disso, constantemente, havia muitas calcinhas e sutiãs nos nossos varais. Arnold, seja lá quem for, roubava algumas peças do varal”.

Veja David Bowie interpretando "Arnold Layne". A apresentação foi em 2007, no Royal Albert Hall, em Londres. David Gilmour e Rick Wright estão na banda. 

Capa do single de "Arnold Layne".  
“Eu estava em Cambridge quando comecei a escrever essa música. Peguei a ideia de Roger, porque ele tinha um varal enorme no quintal da sua casa. Então, pensei que Arnold deveria ter aquele hobby e a música surgiu daí. Arnold Layne simplesmente gostava de vestir roupas de mulher. Muitas pessoas fazem isso, então vamos encarar os fatos”, disse Barrett em uma entrevista na época.

A música que colocou o Pink Floyd no top 20 das paradas britânicas e jogou luz no grupo antes mesmo de gravar o primeiro álbum, na verdade foi um marco de virada na temática das letras do rock mundial. “Pode parecer um tema estranho, mas isso de deve ao fato dos letristas [na época] serem muito conservadores. Não há nada de doentio ou incrível nisso e a música representa uma mudança nas intermináveis letras de amor”, disse David Paul, do Morning Star, logo após a música figurar no ranking das paradas de sucesso.

Syd Barrett, o primeiro líder do Pink Floyd. 
“Puta que pariu! Era a primeira música autenticamente inglesa sobre o modo de vida inglês e com uma tremenda letra. Certamente, abriu portas e tornou possíveis coisas impensáveis até aquela época”, disse o poeta Pete Brown, colaborador do Cream.      

Logo depois, ainda em 1967, o Floyd acabaria lançando seu primeiro álbum, “The Piper at the Gates of Dawn”, mas essa é outra história. Porém, “Arnold Layne” foi o som que colocou o grupo no mapa do rock inglês em um dos anos mais prolíficos do gênero. 
   

Comentários