ANGIE: FALTAM 22 DIAS PARA VER OS ROLLING STONES EM PORTO ALEGRE

Reprodução
A velha estratégia de usar o nome de uma garota como título pode ser uma boa ideia. Ramona, Charmaine, Peggy Sue, Claudette, Diane, Juliet, Michelle, Claire, etc, e por que não "Angie"? Ela saiu como Lado A do primeiro compacto extraído de "Goat's Head Soap" (1973), e catapultada ao topo das paradas norte-americanas. 

Imediatadamente surgiram boatos de que seria uma canção para Angela, mulher de David Bowie. O casal, que mantinha uma relação aberta e assumidamente bissexual, morava a apenas de uma quadra da casa dos Jagger em Londres, e frequentemente Mick, Bianca (mulher do stone na época), David e Angie eram vistos juntos. Embora nenhuma evidência concreta de envolvimento de Mick com o Sr. ou a Sra, Bowie tenha surgido, Angela alegou ter uma vez voltado para casa dos Estados Unidos de madrugada para encontrá-lo dividindo a cama com Bowie. David disse posteriormente que qualquer suposto relacionamento homossexual com Mick era 'fantasia absoluta'. Já o outro envolvido na história declarou ser uma 'bobagem total'.
Reprodução

No entanto, a dupla parece nunca ter desencorajado a especulação, existindo inclusive uma foto da dupla aninhada juntos em um sofá (imagem ao lado). "Angie" é uma canção nascida inicialmente de rascunhos de Keith Richards,  Inclusive, foi ao som dessa canção - tocada em um órgão de igreja tradicional-, que Keith conduziu sua filha Angela para o altar em 2003. 

"Angie", uma das baladas mais lembradas do grupo, foi gravada pela formação completa dos Stones na época (Mick, Keith, Taylor, Bill e Charlie), além da colaboração de Nicky Hopkins no piano, com arranjo de cordas de Nicky Harrison.

Comentários